segunda-feira

O Sonho de um Homem Ridículo

SON SMESHNOGO CHELOVEKA - Rússia, 1992.
Direção de Aleksandr Petrov.
             A história se passa em São Petersburgo, onde um personagem (sem nome) desiludido com o mundo perambula pela cidade até que decide dar fim a sua própria vida.
             No caminho de volta a sua casa, encontra uma garotinha que em prantos implora por sua ajuda, porém ele a ignora e resolve continuar, mas não sem antes por um momento exitar. Chegando em casa, o personagem pega o revolver para se matar e acaba adormecendo.
             Em seguida, ele tem um sonho um tanto quanto esquisito, onde encontra a verdade, projetado através de uma sociedade ideal, livre da luxúria e do egoísmo humano.
Confira as aquarelas em movimento de Alexander Petrov.
 
             O Sonho de um Homem Ridículo (em russo: Сон смешного человека) é um conto do escritor russo Dostoiévski de 1877.
             É dividido em cinco partes e contado por um narrador-protagonista, que teve uma revelação através de um sonho utópico.
             Ele relata suas experiências a partir do momento em que conclui que não há mais nada para viver, e, portanto, determina-se a cometer suicídio. Um encontro casual com uma jovem o faz mudar de ideia.

             Pode-se afirmar que além de Petrov, pouquíssimos realizadores conseguiriam transmitir o tom de loucura e medo contidos na obra de Dostoiévski. Não se trata apenas de uma adaptação literária. A versão de Petrov é uma animação ao mesmo tempo bela e sombria, e que consegue trazer as nuances literárias, as indicações subjetivas, os murmúrios e desconfianças de um “cidadão comum”, o chamado ironicamente de “Homem Ridículo”.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...